ARTIGO DE SERVIDORA DA VIJ ABORDA QUANDO E COMO CONTAR SOBRE ADOÇÃO

| 0 comentários

A ansiedade e as dúvidas são comuns entre mães e pais adotivos quando o assunto é revelar a adoção. Para ajudar famílias adotivas a refletir sobre o tema e a lidar melhor com a situação, a servidora Niva Campos, psicóloga e supervisora substituta da Seção de Colocação em Família Substituta da Vara da Infância e da Juventude, escreveu o artigo “Quando contar? Como contar?”.

“Conversar com a criança sobre sua história pode ser assustador e até doer, mas adiar essa tarefa para uma data, uma idade, pode provocar ainda mais dor e a quebra de confiança tão necessária entre pais e filhos”, afirma Niva Campos. Conforme a autora, ter a disponibilidade para essa conversa permanente com o filho vai possibilitar que a criança elabore a própria história.

Clique aqui e leia a íntegra do artigo, que está disponível no link Textos e Artigos da página Infância e Juventude, no site do TJDFT.

registrado em: 

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.