6 de novembro de 2014
por Rafael Maciel
0 comentários

Seguradora deve pagar benefício em caso de suicídio não premeditado

Indenização pecunitária TJ/SC citou súmula do STF dispondo que o suicídio não afasta o pagamento do seguro, salvo de houver premeditação comprovada. Migalhas “Uma seguradora deverá pagar R$ 15 mil, por morte acidental, ao esposo de uma mulher que cometeu … Continue lendo